Quanto cobrar por um trabalho freelancer?! Fixo ou por hora?!

Trabalhe em casa e fique rico!Bom mesmo seria se existesse uma tabela de preços e valores para o profissional que trabalha em casa, mas como isso ainda está aquém do esperado, seguimos da forma que melhor nos servimos.

Explico: confesso que trabalhar como freelancer, ou profissional autônomo liberal, já me deu muita dor de cabeça. E para aqueles que estão começando, nada é mais difícil que pegar um projeto e dar o preço, o valor final a ser cobrado.

Tudo bem que existem várias técnicas excelentes para se cobrar por um trabalho. Conheço vários amigos que cobram pela cara do cliente, outros pelo tempo de trabalho e outros pelo pacote inteiro. Mas se você não criar uma norma para isso, as coisas tendem a piorar. Explico de novo: chegará uma hora que você ficará perdido e poderá cobrar por um trabalho freelancer bem mais caro e/ou barato do que ele realmente vale.

Então vamos analisar a situação:

1. Qual o seu preço base ou preço mínimo?!
2. Quanto você quer lucrar, ou seja, qual será a sua porcentagem de lucro?!
3. Qual a dificuldade do trabalho?!
4. Em quantas horas, dias ou meses o projeto será concluído?!
5. Quais serão os meus gastos extras?! Ex: internet, luz, telefone, etc.

A partir daí começa-se a pensar em um preço coerente. Boa sorte!

•••