O Google não vai a escola, por isso não sabe fazer cola…

Mas que burrito!!!

Sugiro àqueles amantes incondicionais do Santo Pai a não lerem este artigo. As verdades absolutas contidas em demasia nas linhas abaixo podem causar pânico, infarto fulminante e parada cardíaca desnecessária para este horário.

Explico: estava fazendo a tradicional pesquisa no Oráculo nosso de cada dia para saber se os meus artigos recentes já foram devidamente indexados, mas para minha surpresa, aquele que eu pensava que tudo via e tudo sabia, cometeu um crime de assassinato inconseqüente da língua portuguesa. Vide imagem ilustrativa acima e/ou clique aqui para conferir o erro arbitrário e errôneo do uso da palavra “POR QUE” no “Você quis dizer…” e tire suas próprias conclusões.

Só para reforçar, usa-se “POR QUE” separado durante uma pergunta e o “PORQUE” tudo junto durante uma resposta, ou seja, o Google matou/cabulou aula e ainda por cima desenvolveu vários métodos de cola transgênica para passar de ano.

4 comentários

  1. Tiagotb

    Publicado em 04/09/2007 às 11:22 [+]

    iuahiuahe =)

    o google é mais pega paraquedista do que nós, afinal “porque” deve ser muito mais digitado que “por que”…isso aew deve ser algum sistema de “tendencias”, e não um professor de português que faz xD

    PS: como conseguisse colocar estes thumbs do lado das imagens? foi na busca do google mesmo ou é algum plugin o0?

  2. Sérgio Rebelo

    Publicado em 04/09/2007 às 18:57 [+]

    Lamento desiludi-lo mas o Google está certo. A forma gramaticalmente correcta é “Porque sentimos ciúmes?”

    http://www.priberam.pt/duvidas/duvidas_detalhe.aspx?Id=1317

  3. TioSolid

    Publicado em 04/09/2007 às 19:21 [+]

    bah eu ja ia comentar o cara ai em cima comentou que o negócio é baseado em quantidae, nao “qualidade”.

    Po, agora o outro falou que ta certo. o.0

  4. Rodrigo P. Ghedin

    Publicado em 09/09/2007 às 12:10 [+]

    “Por que” no começo de frases interrogativas é separado. Eu já não confiava muito no Priberam, depois dessa então…

    Sobre o Google, ocorre que, ao contrário do que a maioria pensa, ele não é um oráculo. Você terá resultados mais relevantes se pesquisar por “sentimos ciúmes porque” (sem aspas), do que por “por que sentimos ciúmes?”. A pesquisa é baseada em termos, não em perguntas. Sendo assim, é mais fácil encontrar o “porque”, do que o “por que”.

    Simples assim ;).

    []’s!