Fraude online: aviso de cancelamento do seu email

Quando eu falo que a pasta Spam do seu email sempre é alvo de “bons artigos” ninguém acredita. Se você estiver sem paciência ou sem inspiração para criar um artigo mais sério ou que fale com mais ênfase sobre o nada, procure inspiração nesta pasta. Por pior que sejam as mensagens encontradas lá, sempre tem uma ou outra que pode lhe dar uma boa idéia sobre o que escrever num dia sem idéias.

Agora me responda… Por que iriam te avisar do cancelamento do seu email através do seu email?! E o que me deixa mais triste é saber que tem gente que cai milhares de vezes nesses golpes. Eu sinceramente não sei se fico com dó do sujeito ou se digo bem-feito quando acontece uma fraude online. Acho que eu fico é com dó mesmo, pois qualquer um, por mais “rodado” que seja, pode cair.

Exemplo: certa vez um amigo entrou em desespero ao acessar a URL do seu banco. Ele digitava a senha corretamente e clicava em acessar. Em seguida ele era redirecionado para a mesma URL de novo para que ele digitasse mais uma vez o número da conta e a senha. Só da terceira vez que ele caiu em si e decidiu verificar a autenticidade da página.

Trocando em miúdos, a URL era um fake e ele disponibilizou a sua senha 3 vezes consecutivas. Por sorte era horário comercial e o seu banco ainda estava aberto. Ele correu até lá e mudou todas as senhas possíveis.

3 comentários

  1. Leo Gonçalves

    Publicado em 22/05/2007 às 14:51 [+]

    aff… normal isso aqui no trampo… hahhahwehhehahehhwehhwehhehwhhe

  2. Luiz

    Publicado em 11/06/2007 às 13:28 [+]

    Celso, você fica com dó, porém se é comigo, eu diria para essas pessoas belo SIFU.

    É broxante demais. Eu já ouvi milhões de vezes especialistas em segurança digital falar para não clicar em links suspeitos, mas a ameba vai lá e clica. Repito, é broxante.

  3. Serviço profissional de otimização de blogs e sites – celsojunior.net

    Publicado em 27/08/2007 às 17:59 [+]

    […] já comentei anteriormente, a caixa de spam é o melhor ambiente para se visitar quando não conseguimos pensar em algo decente e/ou indecente para publicar. E para […]